O World Of Video Games está passando por reformas em seu layout, e em breve teremos o novo template no blog oficial. Atenciosamente, Equipe WOVG.

3 de set de 2011

Cartucho Amaldiçoado

Fala aí, galera! Hoje vamos começar um novo marcador aqui no blog... "Sessão Terror"! Pois é, as lendas de jogos de terror também podem estar presentes aqui!
Valeu, Medo B, pelas informações abaixo!


Cartucho Amaldiçoado (história resumida)


Parte 1 - O velho e seu cartucho

Matt decidiu se mudar para um novo dormitório em sua universidade, onde começava seu segundo ano. Um amigo deu a Matt um Nintendo 64 velho, nada mais além de um controle amarelo e uma fita velhíssima de Super Smash Bros.
Matt já estava enjoado de jogar o mesmo jogo, então decidiu ir á uma venda de garagem próxima afim de conseguir mais jogos e controles. Conseguiu o que queria. Quando estava saindo, uma casa lhe chamou a atençã (N/A: Nos Estados Unidos, às vezes, a vizinhança combina de fazer uma venda de garagem "conjunta". Assim, pegam o que não precisam á venda).
Tinha apenas uma mesa com pinturas esquisitas e estranhas, tipo aquelas de psicanalista. O cara que cuidava daquela venda era um senhor bem velho. Dentes estragados. Quem sabe conseguiria mais jogos? Com esse objetivo, Matt perguntou para o velho se ele tinha alguma fita. Sem saber exatamente o que seria um videogame, o velho voltou num instante.
Enquanto o velho estava dentro de sua casa, Matt estava estudando as pinturas. Uma delas era bem parecida  com a máscara de Majora, presente no jogo Zelda: Majora's Mask. Matt queria este jogo. Como esperou, o velho tinha voltado com uma velha fita de videogame, apenas identificada como "Majora", com caneta permanente. Disse que podia ficar com o jogo de graça e que ele pertencia a um garoto que não vivia mais na vizinhança. Disse que poderia ficar com o jogo de graça.

Parte 2 - DAY FOUR, BEN & DROWNED

Quando saia, ouviu o velho dizer: "Goodbye, then" (até mais, então). Ou pelos menos foi o que pensou ouvir. Quando chegou, percebeu que o jogo já tinha um save file chamado Ben. Goodbye Ben era o que o velho queria dizer. Matt decidiu manter o arquivo em homenagem ao garoto (que provavelmente acreditava que morreu). Então começou a jogar.
O jogo ia bem, tirando o fato de que ninguém o chamava pelo nome que havia colocado no arquivo (Link, nome do protagonista do jogo oficialmente (mais informações do Link: http://biel74-worldofvideogames.blogspot.com/2011/07/celebridades-dos-games-link.html)), mas sim de Ben (N/A: o nome que você coloca no seu arquivo é o jeito de que todos te chamam, no jogo). Matt achava que era um bug. Pensou que como o cartucho era velho, um arquivo interferia no outro. Curiosamente, quando voltou ao jogo, ninguém mais o chamava de Ben ou Link. No lugar do nome, surgia um espaço branco.
De qualquer forma, Matt continuou a jogar. Ele fazia o truque de adicionar no jogo um dia a mais e ter mais tempo de fazer tudo (N/A: você tem três dias (no tempo do jogo, ou seja, bem mais rápido) para zerar, ou a lua cai sobre a terra e detona geral). Conseguiu efetuar o glitch com sucesso.
Porém, aconteceu algo estranho, ele parou em um lugar estranho do jogo, com personagens que não deveriam estar ali. Ele foi transferido para a área central do jogo, antes de resetar... e foi isso que aconteceu:


Nota: Ele gravava tudo antes de dar continuidade ao jogo.
A estátua que aparecia não era para estar lá, muito menos seguindo-o.
That won't do any good - Isso não vai fazer bem
You've met with a terrible fate, haven't you? - Você encontrou um destino terrível, não?

Assustado, Matt desligou o jogo e, assustado, tentou dormir.
No outro dia, Matt voltou à casa do velho, afim de saber mais sobre essa história do Ben. Quando chegou lá, viu que a casa estava à venda. Foi falar com um dos vizinhos. Este lhe explicou que o velho estava para se mudar, e conseguira. Disse também que o velho jamais fora casado, e que tinha pouco contato com seus parentes. Isso significava que Ben não era seu filho ou neto. Matt então perguntou sobre a criança e recebeu a resposta que queria: "Há alguns anos atrás, no mesmo dia do seu aniversário, o menino de nome Ben sofrera um acidente e morrera".
Sem mais respostas, Matt voltou para a casa e decidiu jogar um pouco deste jogo misterioso. Para sua surpresa, além do arquivo chamado YOURTURN (your turn - sua vez), o arquivo de nome BEN estava de volta, e parecia mais avançado do que o anterior apagado.
Então ele jogou o arquivo BEN:



Nota: As pessoas congeladas na grama não deveriam estar ali.
Dawn of a new day - Amanhecer de um novo dia.

Mais uma vez, ao jogar no outro dia, Matt percebeu que no arquivo YOURTURN havia se transformado em DROWNED (afogado). Assim uma luz passou por sua mente:
Ben... afogado... o nome do arquivo não era só por causa de seu destino na última jogada, mas também se referia ao garoto. Ben havia morrido afogado e, de certo modo, isso estava ligado ao jogo.
Matt se sente incomodado, não consegue dormir, tem sonhos estranhos, e se sente observado, mesmo quando o console está desligado. Sem muito o que fazer, Matt decidiu jogar o arquivo novo:

Parte 3 - De Majora's Mask para Ocarina Of Time


Nota: É claro que é COMPLETAMENTE IMPOSSÍVEL no Majora's Mask ir para o Ocarina Of Time, outro jogo da saga Zelda para N64.
You shouldn't have done that - Você não deveria ter feito isso
BEN is getting lonely - BEN está se sentindo sozinho
You will be given one last chance - Você terá uma última chance
Back to where it all begun - Volte aonde tudo começou
Come play with us - Venha brincar conosco

Voltou a jogar um tempo depois. Porém quem posta agora é seu amigo, colega de quarto dele. Disse que Matt (ou Jadusable, como ele chama) voltou para sua casa, que parecia triste, abatido e abalado por algum motivo que não contou ao amigo. Ele só deu um pendrive com sua conta no YouTube e o último vídeo que ele gravou:


                                       

Keep this picture? - Guardar esta foto?
Why is he smiling? The father? - Porque ele está sorrindo? O pai?
A vessel that holds wandering spirits rest here - Um guardião que cuida de espíritos que ainda vagam descansam aqui
It'll be our little secret, okay? - Este será o nosso segredinho, ok?
You can't run - Você não pode correr
Please... Help me... - Por favor... me ajude...

Matt retorna um pouco melhor, decidido a enfrentar Ben. Agora ele acreditava ser uma entidade presa no jogo, o espírito do menino, que queria ser livre. Então volta a jogar. Sem maiores informações, coloca um último vídeo: (esse ai não dá foi mal)

The counter resets - O contador zera
I'm glad you did that - Estou feliz por você ter feito isso

É dito que depois disso Matt quebrou o cartucho. Parece que acabou, mas o próprio diz que aquilo provavelmente jamais teria um final, e que esse "Ben" continuaria a atormentá-lo dentro e fora do cartucho.

Nosso conto acaba aqui.



Vlw!

0Comente!comentários:

Postar um comentário