O World Of Video Games está passando por reformas em seu layout, e em breve teremos o novo template no blog oficial. Atenciosamente, Equipe WOVG.

18 de mai de 2012

Sonic the Hedgehog 2 - Análise

Fala aí, gente!
Já faz um tempo que eu não coloco sobre Sonic aqui no blog, então hoje farei uma análise de um dos melhores e mais famosos jogos do ouriço azul: Sonic the Hedgehog 2.


Análise

Não sei por onde começar, então vamos falar daquele que foi companheiro de Sonic nessa grande aventura e que, até hoje, ainda é: a raposa de duas caudas Miles Prower, mais conhecido como Tails. Uma das coisas legais desse jogo é que você não precisa jogar com um amigo pra jogar com o Tails. Sem o 2P, a raposa acaba te seguindo e imitando tudo o que você faz. Mas esse "companheirismo" pode ser algo bom ou algo ruim. No Robotnik (o principal inimigo do jogo) da Chemical Plant o Tails é de grande ajuda, porque o Robotnik fica parado e é só você usar o Sonic pra dar umas pancadas nele e o Tails, fazendo o que você faz dará umas pancadas nele também, facilitando muito a vida. Mas ter ele ao seu lado pode ser algo ruim pelo seguinte: quando você está na Aquatic Ruins, você precisa de bolhas pra não se afogar debaixo da água. Mas o problema é que às vezes o Tails fica roubando as bolhas que você precisa pra respirar causando a morte de Sonic! Mas isso quase não importa, já que na maioria do jogo ele pode e vai te ajudar.

Agora vamos falar das fases. Elas são bem criativas e grandes. Como em todo o jogo do Sonic, as fases começam de uma maneira fácil pra caramba e vão piorando até ficarem apelativas ao extremo. E isso é legal, pois é a marca registrada do ouriço: a dificuldade em se passar de certas fases. Mas algumas fases enchem o saco pra passar e outras dão prazer. O que eu quero dizer com isso? Simples. Olha só: o jogo tem 11 fases (não vou falar seus nomes pra não gerar spoiler). Eu me divirto muito passando de algumas fases, e tem outras que eu detesto passar! Eu não jogo elas com prazer, eu vivo pensando: "se eu quiser zerar, vou ter que passar delas...". Detestar passar de algumas fases do jogo com certeza descontará uns pontinhos na nota final dessa análise, pois o meu jogo preferido da série (Sonic 3 & Knuckles) não possui uma fase que eu não goste.

Os gráficos são animais! Claro que os atuais são melhores, mas aqueles que já pesquisaram a fundo sobre Sonic the Hedgehog sabem muito bem que nesse jogo foram utilizadas todas as palhetas de cores que o Mega poderia suportar. Mas Sonic 2 chegou com gráficos melhores! É como se fosse um dos gráficos mais avançados pra época, animal!

A música é um elemento de destaque do jogo. Se você já viu aquele top 10 temas do Sonic que eu fiz sabe muito bem que eu adoro o som do jogo. O próprio top já revela que o melhor tema da saga Sonic é o tema da fase Chemical Plant, presente no Sonic 2. Junto com esse, 3 temas de fases do jogo estão no top 10.

Sonic the Hedgehog 2 é um dos jogos de Sonic que mais possui chefes legais. Eles são criativos, muito legais... claro que o Robotnik da Emerald Hill (primeira fase) é ridículo, mas a dificuldade vai aumentando, até chegar na última fase do jogo. O Robotnik da última fase é muito apelão...


Nota final: 9,5
Descrição: Sonic 2 é um jogo criado exatamente para os anos 90: um jogo simples, criativo e muito divertido criado para prender pessoas na tela por muitas horas. Sem dúvida, vai ficar pra sempre na história dos games.
Prós: Jogabilidade, som, gráficos, interação do Tails, chefes criativos.
Contras: Algumas fases do jogo, possibilidade do Tails te atrapalhar.


É isso que eu acho do jogo Sonic the Hedgehog 2!
Deixem suas opiniões nos comentários!
Vlw!

0Comente!comentários:

Postar um comentário